Saque FGTS 2019 → Calendário de Liberação FGTS 2019

Saque FGTS 2019
Saque FGTS 2019

Como saber a Data do Saque do FGTS

A Caixa Econômica Federal (CEF) possibilidade a pesquisa pelo saldo e data do saque FGTS pela sua ferramenta online. Acompanhe o passo a passo a seguir para facilitar a sua busca:

  • Acesse o site do Saque Imediato e digite o seu CPF e data de aniversário;
  • Crie a sua senha se ainda não possui uma, ou insira a senha já existente após informar o seu NIS, PIS ou PASEP;
  • Agora aparecerá um espaço para inserir o seu contato de celular. Em caso de desejar que o extrato seja enviado por SMS, é só digitar o seu número, caso contrário, basta clicar em “Não quero receber Extrato FGTS e notificação em meu celular”;
  • Após os passos descritos acima, você será capaz de conferir o saldo total do seu FGTS e as formas que poderá sacá-lo!

Calendário Completo de Liberação FGTS 2019

Você sabia que a Caixa Econômica passará a abrir suas portas 2 horas antes do horário normal e em alguns sábados específicos para atender todos os clientes?

No início do mês a Caixa divulgou o calendário de saques do FGTS e do Fundo PIS-Pasep, abaixo você terá a possibilidade de conferi-los.

A divisão desse ano foi feita de duas formas, entre quem possui conta poupança e quem não possui a possui no banco. Inclusive, é importante lembrar que os saques do FGTS se iniciam pelos de até R$500 e permanecerá disponível até 31 de março do próximo ano.

Aberturas Específicas da Caixa Econômica Federal para Atender Clientes

Como dito anteriormente, a Caixa abrirá 2 horas antes do horário regular nos cinco primeiros dias dias de cada calendário que indica o aniversário do indivíduo, possibilitando a realização do saque.

Inclusive, as agências da Caixa também abrirão no sábado após o primeiro dia do calendário de aniversário.

Datas para Saque do FGTS na Caixa Econômica Federal

  • Indivíduos que têm conta poupança na Caixa Econômica Federal – a partir de 13 de setembro.
  • Indivíduos que não são correntistas na Caixa Econômica Federal – a partir de 18 de outubro.

Para trabalhadores que já realizaram a primeira retirada e depois foram demitidos sem justa causa, o valor integral do FGTS continuará disponível com multa de 40% em cima do valor total.

Calendário de Datas do Saque do FGTS para quem têm conta na Caixa

Janeiro – Abril

  • 13 de setembro – Agências abrem 2 horas mais cedo e correntistas podem realizar sua retirada em caso de crédito presente em conta poupança.
  • 14 de setembro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 16 de setembro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 20 de setembro – Agência abrirá pela última vez 2 horas mais cedo.
  • 21 de setembro – Se necessário, a agência realizará sua abertura ao sábado.

Maio – Agosto

  • 27 de setembro – Agências abrem 2 horas mais cedo e correntistas podem realizar sua retirada em caso de crédito presente em conta poupança.
  • 28 de setembro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 30 de setembro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 4 de outubro – Agência abrirá pela última vez 2 horas mais cedo.
  • 5 de outubro – Se necessário, a agência realizará sua abertura ao sábado.

Setembro – Dezembro

  • 9 de outubro – Agências abrem 2 horas mais cedo e correntistas podem realizar sua retirada em caso de crédito presente em conta poupança.
  • 10 de outubro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 16 de outubro – Agência abrirá pela última vez 2 horas mais cedo.

Calendário de Datas do Saque do FGTS para quem não têm conta na Caixa

Janeiro

  • 18 de outubro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 19 de outubro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 21 a 25 de outubro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Fevereiro

  • 25 de outubro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 26 de outubro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 28 de outubro a 1 de novembro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Março

  • 8 de novembro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 9 de novembro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 11 a 14 de novembro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Abril

  • 22 de novembro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 23 de novembro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 25 a 29 de novembro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Maio

  • 6 de dezembro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 7 de dezembro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 9 a 13 de dezembro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Junho

  • 18 de dezembro – Agências e lotérias abrem 2 horas mais cedo.

Julho

  • 10 de janeiro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 11 de janeiro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 13 a 17 de janeiro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Agosto

  • 17 de janeiro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 18 de janeiro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 20 a 24 de janeiro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Setembro

  • 24 de janeiro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 25 de janeiro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 27 a 31 de janeiro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Outubro

  • 7 de fevereiro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 8 de fevereiro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 10 a 14 de fevereiro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Novembro

  • 14 de fevereiro – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 15 de fevereiro – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 17 a 21 de fevereiro – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Dezembro

  • 6 de março – Agências abrem 2 horas mais cedo.
  • 7 de março – Agências abrem no sábado, com o horário de funcionamento das 9h até 16h.
  • 9 a 13 de março – As agências abrem 2 horas mais cedo.

Data Final do Saque do FGTS

  • 31 de março.

Saiba como Fazer o Saque do FGTS, PIS e Pasep

Saque do FGTS

  • Indivíduos que possuem conta poupança na Caixa Econômica Federal receberão o depósito de forma automática de acordo com a data previamente divulgada.

No entanto, se houver a decisão de não sacar o valor disponibilizado, será necessário entrar em contato com o banco até 30 de abril do próximo ano, entrando com o pedido de cancelamento de débito automático.

  • Indivíduos que possuam conta corrente, é preciso autorizar que o depósito em dinheiro seja realizado na conta;
  • Até o dia 30 de abril do próximo ano os correntistas terão direito a entrar com o pedido de transferência de valor para qualquer instituição financeira do seu desejo;
  • Indivíduos que não possuem conta na Caixa Econômica Federal deverão respeitar o calendário de saques;
  • Os saques nas lotéricas serão autorizados para indivíduos que possuem o Cartão Cidadão e senha, assim como Caixa Aqui e os terminais eletrônicos disponibilizados pela Caixa;
  • Se o saque correspoder a menos de R$100, a lotéria poderá realizá-lo. Basta apresentar carteira de identidade e o CPF;
  • Se o valor for acima de R$100 e o indivíduo não tiver posse do Cartão Cidadão e senha, apenas uma agência da Caixa poderá auxiliar o saque.

As regras sobre o saque-aniversário ainda não foram divulgadas pela Caixa Econômica Federal.

Saque do PIS:

  • O saque do PIS até R$3 mil será autorizado o uso do Cartão Cidadão e senha para realizar o saque em lotéricas, Caixa Aqui e terminais de atendimento e autoatendimento;
  • O saque do PIS que corresponder a valores acima de R$3 mil devem ser realizados apenas na Caixa Econômica Federal, apresentando documento de identificação com foto;
  • Possuidores de conta na Caixa receberão o valor em crédito na conta corrente ou na conta poupança.

Saque do Pasep:

  • Cotistas que possuem conta no Banco do Brasil receberão o valor por depósito automático, realizado em 19 de agosto;
  • Agora, quem possuir conta em outra instituição financeira e um valor até R$5 mil em cotas provenientes do Pasep, poderá realizar a transferência por TED sem custos adicionais em 20 de agosto e adiante;
  • O Banco do Brasil informa que transferências poderão ser realizadas online ou por caixas eletrônicos;
  • Para os cotistas remanescentes, portadores de procuração legal ou herdeiros, o dinheiro poderá ser sacado em agências do Banco do Brasil a contar no dia 22 de agosto.

O que é o Saque-Aniversário do FGTS e Quando pode ser Feito?

O sangue-aniversário é uma modalidade de saque anual do FGTS, podendo ser realizados a partir do mês de abril do próximo ano.

No entanto, o trabalhador que sofreu rescisão de contrato não realizará o saque e quem realizar a mudança de modalidade só terá direito a sacar depois de dois anos desde a data de solicitação junto à Caixa Econômica Federal.

Inclusive, essa mudança não é obrigatória e cabe ao trabalhador decidir qual será a melhor forma para ele, podendo abrir a solicitação de mudança a partir de 1 de outubro desse mesmo ano pelos canais de atendimento que serão divulgados pela Caixa.

Calendário do Saque-Aniversário

  • Janeiro e Fevereiro – O saque poderá ser realizado a partir de abril a junho do próximo ano.
  • Março e Abril – O saque poderá ser realizado a partir de maio a julho do próximo ano.
  • Maio e Junho – O saque poderá ser realizado a partir de junho a agosto do próximo ano.
  • Julho – O saque poderá ser realizado a partir de julho a setembro do próximo ano.
  • Agosto – O saque poderá ser realizado a partir de agosto a outubro do próximo ano.
  • Setembro – O saque deverá ser realizado a partir de setembro a novembro do próximo ano.
  • Outubro – O saque poderá ser realizado de outubro a dezembro do próximo ano.
  • Novembro – O saque poderá ser realizado a partir de novembro do próximo ano, contando três meses para o saque.
  • Dezembro – O saque poderá ser realizado a partir de dezembro do próximo ano, contando três meses para o saque.

Os saques-aniversários poderão ser realizados no próprio mês de aniversário a partir de 2021.

Data de Pagamento do Fundo PIS-Pasep

As cotas serão iniciadas em agosto com apoio do Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal para seu pagamento com recursos de cotas, sendo uma modalidade que se diferencia do abono salarial.

Confira abaixo o calendário de liberação do Fundo PIS:

  • 19 de agosto em diante – Indivíduos que possuam conta na Caixa, independente da idade;
  • 26 de agosto em diante – Indivíduos que não possuam conta na Caixa, acima de 60 anos;
  • 2 de setembro em diante – Indivíduos que não tem conta na Caixa, abaixo de 59 anos.

O Fundo Pasep será liberado para saque nas seguintes datas:

  • 19 de agosto em diante – Indivíduos cotistas que possuam crédito em conta no Banco do Brasil.
  • 20 de agosto em diante – Indivíduos que receberão por TED, são cotistas e possuam contas em outros bancos com saldo abaixo de R$5 mil.
  • 22 de agosto em diante – O restante dos cotistas poderão realizar o saque normal nas agências.

Canais de Atendimento Disponibilizados pela Caixa Econômica Federal

  • A Caixa Econômica Federal disponibilizou três canais de atendimento para dúvidas, reclamações ou orientações, sendo os quais:
    Pelo site oficial do FGTS Caixa, onde é possível encontrar informações completas sobre os saques e outras formas de atendimento;
  • Pelo telefone 0800-724-2019, que já está em funcionamento e você poderá ligar sempre que for necessário, obtendo informações sobre como realizar o saldo e as modalidades em que você se encaixa;
  • Pelo novo aplicativo da Caixa que se encontra disponível tanto no Google Play quanto na Apple Store. Correntistas e não correntistas da Caixa Econômica Federal poderão usar o aplicativo e terão a possibilidade de realizar o cancelamento do crédito automático relacionado a conta poupança.

Pedido da Certidão FGTS – Positiva e Negativa

Para efetuar o pedido da Certidão FGTS – Positiva e Negativa basta ter acesso à internet. Para fazer o pedido confira abaixo:

Esta certidão permite comprovar a regularidade do individuo referente às contribuições devidas e as contribuições previdenciárias.

Diante disso a emissão da certidão negativa de FGTS pode ser feita através do site da Secretaria da Receita Federal do Brasil em: www.receita.fazenda.gov.br.

Este serviço garante que o contribuinte do FGST solicite uma certidão, no entanto, ela somente é emitida caso não tenha pendências nos sistemas da Receita Federal do Brasil.

Certidão FGTS
Certidão FGTS

Além disso, é possível também expedir CND – Certidão Negativa de Débitos e também a CPD – EM – Certidão Positiva de Débitos, com efeitos de Negativa, mas isto pode variar conforme a situação do usuário.

Para os casos que existem pendências no nome do indivíduo nos sistema da Receita Federal a emissão automática é inviabilizada.

Em todo caso é preciso saber que a CND – Certidão Negativa de Débitos é expedida e impressa como formulário contínuo ou em papel A4.

Tipos de certidões e sua consulta

CND - Certidão FGTS
CND – Certidão FGTS

Certidão positiva – Informa que o contribuinte possui pendências junto ao órgão que a emitiu.

Certidão positiva com efeito negativo – Declara que a empresa possui pendências, mas já identificou e iniciou o processo de regularização.

Certidão negativa – Comprova que o contribuinte não possui pendências junto ao órgão que a gerou.

Tipos de Certidão FGTS e de Finalidade

Existem certidões específicas assim elas podem ser Certidão Negativa de  Débito – CND ou Certidão Positiva de Débitos, com efeitos de Negativa – CPD-EN, entretanto, elas são emitidas conforme algumas finalidades:

  1. Averbação de Imóvel – A CND ou CPD-EN certifica exclusivamente a situação da matrícula CEI – Cadastro específico da Obra para fins de averbação do imóvel no órgão de registro.
  2. Baixa de Empresa – É emitido somente CND e com fins específicos para baixar a empresa nos órgãos competentes.
  3. Para as outras finalidades previstas no art. 47 da Lei 8212, de 24 de julho de 1991, exceto averbação de imóvel, baixa de empresa e alteração contratual – é expedida CND ou CPD-EN para atender situações tais como licitação, venda de imóvel, recebimento de recursos públicos.
  4. Registro de alteração contratual nos órgãos competentes – emite-se CND ou CPD-EN para fins exclusivos de registro no órgão competente das alterações contratuais da empresa.

Certidão Negativa de Débitos

Para quem deseja consultar ou emitir a CND é possível fazer o pedido pela Internet no site basta informar o CNPJ.

Através desta certidão é possível comprovar a regularidade do sujeito assim como suas as inscrições em Dívida ativa do INSS.

Outra opção é fazer o pedido por meio de uma unidade de atendimento da Receita Federal do Brasil – RFB, por qualquer pessoa munida do Relatório de Restrições emitida no Portal e-CAC ou em Consulta Regularidade Contribuições Previdenciárias.

Se não tiver restrições à certidão é emitida automaticamente.

Informações sobre Portal e-CAC: https://cav.receita.fazenda.gov.br/eCAC/publico/login.aspx

Validade da Certidão FGTS

O prazo de validade da CND é de 180 dias contados da data de sua emissão.

Consulta Extrato FGTS Completo 【Sem Cartão Cidadão】

Para quem deseja fazer a consulta Extrato FGTS completo sem Cartão Cidadão o usuário pode gerar o código de acesso do extrato diretamente pela internet.

Diante disso, o trabalhador que quiser consultar o saldo das contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) não precisa ir até uma agência da Caixa Econômica Federal para cadastrar a senha, pois o banco já faz isso.

No entanto, o código pode ser cadastrado de casa, no site da Caixa, até por quem não tem o Cartão do Cidadão.

Para efetuar a consulta do seu extrato FGTS é preciso que o trabalhador seja cadastrado no PIS/PASEP, no Número de Inscrição Social (NIS), – esse não é o INSS, para consultar seu INSS Extrato você deve procurar outro serviço -, ou no Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

Consulta Extrato FGTS Caixa
Consulta Extrato FGTS Caixa

Em vista disso, basta conferir o número em sua CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Diante disso para ter acesso ao seu extrato entre: https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01&produto=FGTS

Na página é preciso informar:

  • NIS (PIS/PASEP);
  • Senha internet;

Caso não tenha senha:

  • Clique em “cadastrar senha”.
  • Leia os termos de uso e clique em “Aceito”.
  • Digite a senha do seu “Cartão Cidadão”.
  • Escolha a senha de acesso ao extrato FGTS. Não será permitido cadastramento de senha que contenha todos os dígitos repetidos ou sequenciais. Para sua segurança não utilize como senha informações óbvias tais como data de aniversário, número de telefone, placa do seu carro, nomes de pessoas da família e de conhecidos. Aguarde a mensagem de confirmação do cadastramento da senha.
  • Repita a senha de acesso ao extrato FGTS.
  • Digite o “Código de Verificação”.
  • Clique em “Confirmar”.

O site também oferece opção “Extrato Completo”, para ter acesso aos lançamentos dos últimos 25 anos, além de atualização de endereço para receber o extrato do FGTS impresso em casa e do cadastramento de e-mail para recebê-lo no endereço eletrônico.

Saldo FGTS via Celular

A Caixa oferece ainda o serviço de mensagem via Celular para acompanhar o saldo e movimentações financeiras da conta vinculada ao FGTS e o Acesso WAP.

Basta cadastrar o número do aparelho para receber gratuitamente mensagens de texto (SMS) com o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado e as movimentações na conta de Fundo de Garantia.

Para isso é só acessar o site www.caixa.gov.br.

Solicitar o Cartão Cidadão

Para facilitar a vida do trabalhador é necessário fazer o pedido do Cartão Cidadão assim é possível receber benefícios sociais, incluindo a solicitação do saldo e Extrato FGTS pela internet.

Caso não possua é preciso entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para solicitá-lo.

Para acesso é preciso estar cadastrado no PIS/PASEP, no Número de Inscrição Social (NIS) ou no Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

Além disso, é preciso que o endereço esteja atualizado e válido perante a CAIXA, portanto, caso já possua outro cartão referente aos programas de transferência de renda, como da Bolsa Família, este não será emitido, pois possuem a mesma função.

Em todo caso, para solicitar o Cartão Cidadão ligue para: 0800-726-0207 ou em qualquer agência da CAIXA.

Caso possua outra dúvida é possível ser tirada via telefone de Segunda a Sexta-Feira, das 7h às 20h, exceto feriados, pelo telefone 0800 – 726 0101.

Certidão Negativa de Débitos FGTS – CND

A Certidão Negativa de Débitos FGTS – CND pode ser emitida pela internet, atualmente todas as pessoas ou empresas que possuem trabalhadores com carteira assinada são contribuintes do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS.

Com isto elas são obrigadas a manter de forma regular o recolhimento do FGTS para se relacionarem com órgãos públicos, e instituições de crédito.

Diante disso, para saber se a empresa está em dia com os pagamentos do FGTS existe a certidão negativa de débitos do FGTS, conhecida também como Consulta de Regularidade do FGTS – CRF/CND.

CND - Certidão FGTS
CND – Certidão FGTS

A Consulta Regularidade do Empregador permite saber se o mesmo está  regular perante o FGTS e é uma condição obrigatória para que o empregador possa relacionar-se com os órgãos da Administração Pública e com instituições oficiais de crédito.

Para conseguir emitir a Certidão Negativa de Débitos FGTS – CND é necessário ter o número do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ ou o número do Cadastro Específico do INSS.

Além disso, após o preenchimento é preciso colocar número da inscrição no campo informado com a Inscrição da Empresa, CNPJ ou CEI, com 14 ou 12 posições, respectivamente, incluindo o dígito verificador, sem separadores, e deixe em branco a UF.

Em seguida clicar em “Consultar”, e marcar a opção que refere a necessidade de emissão do CRF e depois clicar em “Visualizar” para que a certidão apareça na tela para ser impressa ou salva por meio digital.

Para efetuar a pesquisa pelo CNPJ básico, com 8 posições, informe também a UF do estabelecimento.

Para emitir CRF/CND do FGTS acesse: https://consulta-crf.caixa.gov.br/consultacrf/pages/consultaEmpregador.jsf

Nesta página você poderá consultar a situação de regularidade do empregador e obter o correspondente Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, para os fins previstos em Lei.

Certificado de Regularidade do FGTS – CRF/CND

O CRF é o documento que permite comprovar a regularidade do empregador perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, sendo emitido exclusivamente pela CAIXA.

Como obter o CRF/CND

Todos empregadores cadastrados no sistema do FGTS, pela inscrição efetuada no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ ou no Cadastro Específico do INSS – CEI, desde que estejam regulares perante o Fundo de Garantia.

Consulta Regularidade do Empregador
Consulta Regularidade do Empregador

Impressão do CRF/CND

O CRF pode ser impresso em papel comum. Entretanto, sua utilização está obrigatoriamente condicionada à confirmação da autenticidade no site da CAIXA (www.caixa.gov.br) ou junto a qualquer de suas agências.

Prazo de validade

O CRF terá validade de 30 dias contados na data de sua emissão.

Renovação do CRF/CND

O CRF pode ser renovado a partir do décimo dia anterior ao seu vencimento, mas o empregador precisa estar atendo as condições de regularidade perante o FGTS. Para isto é preciso consultar a regularidade da empresa junto ao FGTS no site da CAIXA, na Internet, na opção Verifique a Renovação do CRF, que será apresentada somente a partir do vigésimo primeiro dia da validade do certificado em vigor.

Em seguida passe à opção Renove o Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, que será apresentada para a empresa que atenda às condições para a renovação do certificado.

Cadastro para consulta FGTS

Todos os trabalhadores brasileiros possuem acesso as informações do seu FGTS, com isto é preciso fazer o cadastro para consulta FGTS, garantindo informações atualizadas sobre saldos, depósitos e saques no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Aqueles que fizerem o cadastro e aderir a estes serviço irá receber  uma informação atualizada de saldo, depósitos e saques do FGTS no celular, através de SMS, ou ainda poder fazer a  consulta do extrato do fundo pela internet. 

Para os usuários que desejam fazer a consulta via internet estes irão receber em sua residência um extrato de papel, até o mês de fevereiro, com todas as movimentações ocorridas no exercício anterior.

De qualquer forma é preciso frisar que a adesão destes serviços são facultativas, ou seja, os trabalhadores que desejam manter o modelo anterior poderão receber o extrato bimestral do FGTS em um endereço residencial cadastrado, que pode ser atualizado pela internet.

O serviço é gratuito e já está disponível.

Já para quem deseja fazer consulta do FGTS pela internet é preciso fazer o seu cadastro com senha para ter acesso as informações, confira abaixo.

Como fazer

Para consultar o extrato na internet o usuário pode cadastrar na página oficial do FGTS ou na página especial do fundo na CAIXA.

Além disso, o site permite fazer adesão ao serviço de mensagem pelo celular em substituição ao recebimento bimestral do extrato emitido em papel.

Cadastro pelo site FGTS

Para ter acesso ao seu extrato é preciso ter informações sobre NIS (PIS/PASEP) e também da sua  senha da Internet cadastrada, que foi feita por você por meio de confrontação cadastral ou com o uso da Senha Cidadão.

Para criar o seu cadastro acesse: https://acessoseguro.sso.caixa.gov.br/cidadao

Para usuários cadastrados basta digitar:

  • NIS (PIS/PASEP)
  • Senha Internet

Para aqueles que irão se cadastrar, coloque na opção “Cadastrar senha”, (não esqueça de digitar  o número do PIS em “NIS (PIS/PASEP)” assim digite  uma senha que tenha obrigatoriamente 6 a 8 dígitos de número ou letras.

Digite a senha e guarde com em um lugar seguro, já que ela será usada posteriormente para acesso ao painel.

Na próxima etapa, basta digitar a senha do seu cartão cidadão (na agência da Caixa é possível resgatar) e no campo seguinte entre com a senha da internet (que foi cadastrada na página anterior).

Confirme novamente a senha e digite o código de confirmação na imagem.

Desta forma o seu cadastro foi efetuado com sucesso, por isto o usuário terá informações como:

  • Dados cadastrais do empregador;
  • Dados cadastrais do empregado;
  • Data da última atualização realizada no saldo;
  • Saldo;
  • Todos os lançamentos verificados na conta (débitos e créditos) relativos ao mês corrente mais os seis meses anteriores.

Consulta Caixa

consulta-fgts-caixa

Para os usuários que preferem fazer a consulta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pelo site da Caixa é possível ter acesso a estas informações em: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/Paginas/default.aspx

O site oferece opções para acompanhar o seu FGTS pelo seu celular ou ainda fazer a atualização do seu endereço, além de trazer outras informações úteis sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Certidão do FGTS 【Consulta, Emissão, Autenticidade e Pendências】

Para quem é empregador, além das tradicionais obrigações de uma empresa normal – gerir salários, existir legalmente no cartório, fazer aquilo para que foi criada (na grande maioria das vezes é lucrar) – alguns documentos, se mal administrados, podem virar uma grande dor de cabeça para a sua empresa.

São papéis simples como o que vamos falar hoje: a Certidão FGTS ou Certidão Negativa do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), emitida pela Caixa Econômica a quem é portador do CNPJ, o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, informações que podem ser obtidas através do extrato FGTS da caixa.

Com ele o empregador poderá depositar o valor do Fundo de Garantia na conta de cada um dos seus empregados.

Esse benefício é essencial para o trabalhador em regime de CLT, logo é de suma importância que o patrão tenha essa certidão regularmente.

Mas como se emite uma certidão FGTS? Como se mantém uma dessa? Qualquer um pode pedir sua certidão negativa FGTS (que é aquela que não comprova débitos)?

Perguntas como essa são recorrentes, e estamos aqui para respondê-las. Acompanhe!

Certidão FGTS negativa

Como falamos há pouco, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos benefícios essenciais do trabalhador em regime conhecido como Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), junto com as férias, o descanso remunerado, entre outros.

CND - Certidão FGTS
CND – Certidão FGTS

Por isso, para ter seus funcionários com a devida segurança para receber o FGTS, é necessário que o empregador não possua débitos nesse tipo de pagamento.

É um direito do empregado saber disso, e para isso o empregador pode emitir o extrato FGTS e consultar a certidão negativa FGTS.

Esse documento comprova que a empresa – representada pelo CNPJ do dono da empresa – é idônea quanto à este tipo de pagamento. Para o funcionário, esse documento é tão importante quanto o alvará de funcionamento é para uma loja.

Mais do que efeitos perante ao trabalhador, a Consulta de Regularidade do FGTS (CRF, como é conhecida) traz segurança dentro de um ambiente de trabalho.

Para saber se um CNPJ está com a sua certidão regular, a Caixa Econômica mantém m portal, voltado ao cidadão, voltado especialmente para esse tipo de pesquisa.

Basta entrar no site da Caixa (www.caixa.gov.br) e, no final da página, abrir a página “FGTS” na aba “serviços sociais”. Na página seguinte, ao clicar no link “Consulta Certificado de Regularidade do FGTS”, na aba “para o empregador”, o usuário cai na página para conferir se o CNPJ está limpo ou não.

Para a pesquisa, necessitam-se do CNPJ ou do Cadastro Específico do INSS (CEI) da empresa.

Do estado onde a empresa está instalada e, para provar que você não é um robô utilizando o sistema, escreva o código de verificação que aparecer.

Feito isso o site já redirecionará você à pagina onde se situam o CNPJ, a razão social (e, se houver, nome fantasia) do portador e sua situação.

Se o resultado for “regular”, a empresa não tem impedimentos a existir nesse ponto e não possui débitos com fundo de garantia.

Se constar como “irregular”, existem débitos pendentes que devem ser resolvidos o mais breve possível.

Como emitir a certidão do FGTS

É essencial que uma empresa possua a Certidão de Regularidade para com o FGTS (CRF).

Sem ela, fica mais difícil contratar funcionários, o que impede a empresa de se desenvolver desde o início. Mas como emitir tal documento?

Se você é empregador e vai precisar dessa certidão, as saídas são duas.

Cabe a você decidir qual será a mais prática no caso.

A primeira é via internet. O próprio site da Caixa faz esse tipo de cadastro no link da consulta da certidão (aproveite para saber como consultar seu extrato FGTS no celular e consultar o saldo FGTS pela internet aqui).

O site vai acusar que o CNPJ ou CEI não está cadastrado no sistema, e vai seguir com o formulário de inclusão.

Para isso, tenha em mãos os dados pedidos. Caso contrário o cadastro não será efetuado.

Quando feito o cadastro, o CRF terá validade de 30 dias contados da data de sua emissão.

Porém, em alguns momentos, poderá ocorrer do site da Caixa estar fora do ar ou da aplicação criada para este fim simplesmente não funcionar.

Nesse caso, o recomendável é fazer a inscrição presencial, em uma das agências da Caixa Econômica Federal.

Antes de ir até a agência, procure falar com o gerente, mesmo que por telefone, e marque um horário  pra conversar com algum funcionário – além de, óbvio, ter uma lista dos documentos necessários para a expedição do documento.

Apesar de mais demorado e mais sujeito a filas do que na Internet, o atendimento na agência é garantia de serviço feito.

Se o cadastro demanda urgência, não é uma saída ruim comparecer até uma agência, ou delegar isso a um funcionário da área de recursos humanos da empresa – caso isso exista.

Com isso, a agilidade na contratação de funcionários ajudará a empresa a crescer cada vez mais rápido.

Como Consultar Pendências na Certidão FGTS

O fato da CRF estar com alguma pendência pode ser uma grande dificuldade para um empregador.

Consulta Regularidade do Empregador
Consulta Regularidade do Empregador

Caso haja a menor suspeita de que isso esteja ocorrendo, a melhor solução é procurar resolvê-la o quanto antes.

Mas, quando o intuito é apenas a pesquisa por si só, o site da Caixa, no link que a gente falou lá em “Certidão Negativa do FGTS” pode ser a porta de entrada para descobrir um eventual problema.

Caso a situação de pesquisa desse INSS aponte para “irregular”, o correto é comparecer a uma agência da Caixa e verificar o problema o quanto antes.

Nesses casos, é apontado o débito do portador do FGTS e como se procede com o pagamento.

Mesmo assim, se a pendência não tiver caráter financeiro, o único lugar onde se poder buscar ajuda é numa agência da CEF, dando preferência àquela em que sua empresa tem conta.

Falar com o seu gerente é a melhor forma de entender e resolver esta situação.

Pendências na Certidão de Regularidade para o Fundo são ocorrências que causam sérios problemas ao empregador.

Sem poder depositar o FGTS na conta dos funcionários, isso acarreta perdas financeiras (dificuldades de ações enquanto empresa) quanto morais (a quebra de confiança que uma empresa tem quando mal pode pagar o benefício em nome dos funcionários).

Portanto ficar de olho na situação do documento e procurar resolver as pendências com a maior velocidade possível é uma obrigação-padrão da empresa que quer crescer.

Como confirmar a autenticidade de uma certidão?

Toda empresa, em seus documentos, mantém uma cópia desta certidão.

A própria Caixa incentiva aos portadores que não usem nenhuma espécie de papel especial para imprimir esse comprovante.

Sendo assim, uma folha de papel com a impressão do site da empresa já vale. Mas isso não é facilmente manipulável?

Como confirmar se aquela cópia, além de válida, tem o valor autêntico do registro na base de dados?

A própria CEF dá a resposta. Em sua págima de “perguntas e repostas” sobre o tema, em seu portal (link: http://www.caixa.gov.br/fgts/crf.asp#) ela cita o seguinte sobre a autenticação desse documento: o banco garante  a autenticidade das comprovações em papel, tanto pela internet quanto presencialmente nas agências.

Já para os empregadores, “Os dados dos CRF emitidos [para o empregador] serão armazenados pela Caixa, sendo disponibilizado na Internet histórico referente aos últimos 24 meses, para consulta e confirmação de autenticidade.”.

Portanto, se você estiver em posse de um papel com esse tipo de conteúdo, mas suspeita da origem dele, não se preocupe, pois a Caixa dará o suporte e os dados necessários para aferir se o que ali está contido é autêntico ou não.

A importância desse processo é fundamental, pois sem ele a comprovação negativa da CRF poderia se tornar um área pronta para a ação de falsários ou falsas comprovações de pagamentos do FGTS.

Conclusões

Uma empresa que preze pelo próprio nome mantém-se como empresa deixando seus papéis intactos e atualizados: documentações, alvarás e certidões tem de estar no mais perfeito estado, sob o risco de , quando necessário e não estiver em condições, colocar a empresa em grandes apuros.

É o que pode acontecer com a Certidão de Regularidade para o Fundo de Garantia (CRF), emitida pela Caixa Econômica Federal, e que comprova que o empregador (logo, a empresa) estão sem débitos pendentes no pagamento do benefício.

Sem ele, por exemplo, a empresa não pode obter empréstimos, financiamentos ou qualquer operação bancária sem essa comprovação financeira.

O patrão que for negligente com esse assunto pode ficar impedido de produzir qualquer tipo de operação.

Se os funcionários por um acaso descobrem tal problema, o dano causado pela falta de confiança pode ser irreversível.

E isso pode acontecer com relativa facilidade. Para que alguém consulte a situação da CRF de alguma empresa, é necessário apenas o número do CNPJ desta (ou então do CEI, relativo ao INSS) e o acesso à Internet – o site da Caixa mantém esse serviço.

Se a empresa manteve sua saúde financeira por esse sentido ok, seu status será considerado “regular”, caso contrário, o site irá acusar que a situação é irregular, e cabe ao patrão resolver esse problema.

Uma agência da Caixa, nesse sentido, é a principal solução para quem precisa deixar seus débitos com o FGTS em ordem.

Desde a criação até as maiores dúvidas sobre isso, o gerente de uma agência será sempre o melhor contato que um empresário poderá ter.

Por isso, se a dúvida pintar, busque sempre a opinião do seu gerente de confiança.

Extrato FGTS no Celular 【Cadastro e Consulta】

Os trabalhadores que desejam receber o seu extrato FGTS no celular garante uma maior acesso ao seu FGTS.

Através deste serviço é possível ter acesso gratuito a informações atualizadas sobre saldos, depósitos e saques no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Com este serviço é possível receber informação atualizada de saldo, depósitos e saques do FGTS no celular, através de SMS, além disso, o usuário pode realizar a consulta do extrato do FGTS pela internet.

Em todo caso, os usuários que desejam manter a opção no modelo anterior, irão continuar recebendo o extrato FGTS bimestral em endereço residencial cadastrado, este que pode ser atualizado pela internet no site da Caixa.

Mensagens via Celular para Extrato do FGTS

Extrato FGTS pelo Celular
Extrato FGTS pelo Celular

Com este serviço o usuário pode manter-se informado sobre suas movimentações em sua conta que estejam vinculadas ao Fundo de Garantia.

Através do serviço de SMS é possível saber o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correções monetárias e até mesmo a liberação de saque ou ajustes na conta.

Com a adesão deste serviço é preciso lembrar que o usuário não irá receber o extrato bimestral de papel em casa, porém, o extrato anual do FGTS, será enviado normalmente via correios.

Cadastro para receber extrato FGTS no Celular

Para se inscrever no serviço de mensagem é preciso acessar o link (http://www.fgts.gov.br/) e em seguida clicar “Consultar Saldo do FGTS via Celular” e preencher os campos com o número do NIS (PIS/PASEP), sua senha de internet e o código de verificação – as letras e números que aparecem ao lado – e clicar na opção OK.

Consulte seu Saldo FGTS pela Internet

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um maneira de garantir uma proteção financeira em situações de dificuldade, sejam elas com a emissão sem justa causa ou a ocorrência de doenças graves.

Comumente desejamos consultar nosso extrato e saldo FGTS para acompanhar nosso rendimento e para isso a Caixa Econômica disponibiliza um serviço online para consultar o saldo FGTS pela internet.

Além disso, com o FGTS é possível utilizar o fundo para conseguir formar um patrimônio a ser sacado, como por exemplo, para aquisição da casa própria ou para aposentadoria.

Saldo do FGTS pela internet

Atualmente o trabalhador pode ter acesso às informações sobre o FGTS pela internet, com este serviço o usuário consegue saber detalhes, como dados sobre saldo, depósitos ou saques no FGTS.

Para ver o seu extrato basta cadastrar senha nos sites do FGTS (http://www.fgts.gov.br/) ou da Caixa (http://www.caixa.gov.br/fgts/).

Tenha em mãos seu número NIS (PIS/PASEP), pois ele será necessário para que você possa realizar o cadastro no site da Caixa. Caso já possua um cadastro, digite seu NIS, sua senha pessoal e o código de verificação.

Consulta Extrato FGTS Caixa
Consulta Extrato FGTS Caixa

Com este serviço é possível que o trabalhador amplie o acesso às informações sobre suas contas no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Com este recurso é possível receber dados sobre saldo, depósitos ou saques no FGTS por meio da internet e de mensagens SMS (serviço de mensagens curtas) no celular.

Através deste serviço a Caixa estima que 27 milhões de pessoas sejam beneficiadas pela medida neste ano.

Além disso, atualmente cerca de 1 milhão de pessoas têm acesso a esse serviço e consequentemente este valor pode chegar aproximadamente 3,1 milhões de usuários até o final do ano.

Sendo assim, existe um total de 105 milhões de contas no FGTS.

Para conseguir consultar o seu saldo FGTS pela internet é necessário que o trabalhador interessado faça um cadastro com senha nos sites do fundo ou da Caixa e solicitar o serviço gratuito.

Porém, aqueles que desejam continuar com acesso as suas informações do FGTS por meio do recebimento de extrato bimestral via Correios, basta manter o seu endereço residencial atualizado (pode ser modificado pela internet).

Consulta PIS Online Grátis

O PIS (Programa de Integração Social) é uma forma de contribuição social retirado dos impostos, ou seja, ele é uma contribuição que é revertida para o pagamento de seguro desemprego de funcionários de empresas privadas que atendem ao regime CLT.

Através dele, muitos trabalhadores – portando os documentos necessário – podem conseguir benefícios como por exemplo o abonos salarial e rendimentos. Faça sua consulta PIS gratuitamente e tudo online.

Quem tem Direito ao PIS?

PIS/PASEP Caixa
PIS/PASEP Caixa
  • Ter o cadastro no PIS / PASEP já há cinco anos pelo menos.
  • No decorrer do ano anterior ao recebimento do PIS, nas empresas nas quais você trabalhou deverão ter informado os seus dados de forma correta na RAIS que é Relação Anual das Informações Sociais.
  • No ano anterior é preciso ter trabalhado no mínimo um mês (30 dias) com carteira assinada.
  • Não pode ter recebido uma média salarial mensal acima de dois salários mínimos.
  • Como consultar o PIS gratuitamente pela internet

O trabalhador pode fazer a consulta PIS através da internet, entretanto, para conseguir realizar este recurso é necessária que o mesmo possua seus dados do PIS em mãos e um computador com acesso a internet.

Para conseguir ter acesso ao seu PIS, o trabalhador precisa acessar o site da Caixa Econômica Federal (https://sisgr.caixa.gov.br/portal/internet.do?segmento=CIDADAO).

Com a página aberta, basta o usuário insira o número de seu PIS e sua senha, então clique em “Serviço ao Cidadão”.

Se o usuário não possui uma senha, basta inserir o número de seu PIS, uma senha de sua preferência e em seguida escolher a opção “Cadastrar Senha”.